A DELEGAÇÃO INVERSA

 COMO JOGAR O MACACO DE VOLTA NAS COSTAS DO CHEFE!

Por Luiz Eduardo Gasparetto

 

Não é incomum que um subordinado consiga, através de uma pequena artimanha, devolver ao chefe uma tarefa que o chefe lhe delegou.

Como fazer isso? Muito simples. A receita é a seguinte:

a)   encontre um chefe que gosta de centralizar as ações e decisões e que se sente o único no setor que pode solucionar os problemas mais difíceis que aparecem (não é muito difícil de encontrar esse ingrediente, existe em todas as empresas);

b)   encontre um subordinado que sabe como fazer uma tarefa, mas é uma tarefa mais trabalhosa ou difícil e ele está com preguiça de fazê-la (também fácil de encontrar);

c)    junte B com A no momento certo (de preferência no corredor, no banheiro ou no momento em que o chefe, já atrasado, está indo para uma reunião).

Ao misturar esses ingredientes você pode ter a certeza que o subordinado irá conseguir devolver a seu chefe uma tarefa que, a princípio, tinha sido delegada para ele. Quer um exemplo? Ai vai.

Imagine que o chefe delegou a um subordinado a tarefa de investigar porque acontecem algumas dificuldades operacionais que atrasam a entrega de certos produtos. Alguns dias depois, o chefe está indo para uma reunião e encontra o subordinado no corredor (item C da receita) e este lhe diz que está com problemas para realizar a tarefa que lhe foi delegada e não consegue resolvê-los.

Repare que a armadilha está armada. E é o próprio chefe que irá dispará-la quando, inocentemente, perguntar: “Qual é o problema”.

O subordinado explica ao seu chefe a dificuldade em obter determinadas informações no setor do Almoxarifado e na Expedição. Naturalmente não são assuntos que ele possa decidir ali, de imediato, em pé no corredor e indo para uma reunião (item C da receita). Por isso, o chefe responde: “deixa comigo que eu resolvo” (item A da receita). Pronto. Agora o subordinado pode descansar tranqüilamente enquanto fica esperando que seu chefe tome alguma decisão.

Repare no que foi que aconteceu naquele encontro no corredor. O chefe delegou uma tarefa a um subordinado e ele, simplesmente, a delegou de volta para o chefe.

Quem agora vai resolver os problemas com o Almoxarifado e a Expedição não é mais o subordinado, é o chefe. O subordinado está esperando o chefe trabalhar no problema, porque ele não é mais o responsável pela tarefa.

 

Essa devolução de tarefas, que é chamada de DELEGAÇÃO INVERSA, é algo que o gestor deve evitar sempre. Alguns subordinados tentarão fazer isso e, se conseguirem, continuarão tentando jogar de volta nos seus ombros as tarefas delegadas a eles sempre que encontrarem uma situação difícil.

 

É por isso que o gestor deve estar sempre alerta, não ser centralizador e forçar os subordinados a agirem sozinhos quando recebem uma delegação. É uma forma de ter mais tempo livre para chefiar, contribui para desenvolver a iniciativa e leva o subordinado a enfrentar os problemas difíceis em lugar de esperar sempre a ajuda de cima.

Categories: Planejamento

Leave a Reply


*