Ainda é válido fazer avaliação do desempenho?

A resposta a esta pergunta é….DEPENDE. Não é que eu queira ficar em cima do muro, não é isso, mas a utilidade da avaliação do desempenho vai depender de como ela é encarada principalmente pelos gestores da empresa.

Para alguns a avaliação é mais uma obrigação burocrática que “aquele pessoal do R.H. inventapara azucrinar nossa paciência”. Vista assim essa imagem passa também para os subordinados, que também começam a desvalorizar a avaliação e ai ela é feita de qualquer maneira, sem critério muitas vezes, uma “coisa chata” da qual o gestor tenta se livrar logo e da qual o avaliado não vê utilidade.

Então,baseado apenas em algumas informações que ele se lembra, já que a maioria das avaliações é anual, o avaliadordeve classificar seus avaliados com uma nota ou um conceito, e é ai que mora o perigo. Ele classifica com notanem tão baixa, que depois tenha que justificar e para as quais, muitas vezes, ele não temjustificativa, e nem tão alta que faça com que o subordinado fique pensando num aumento salarial por exemplo. Ah, e tem também a entrevista de avaliação, naturalmente, que é um dos momentos mais temidos por alguns gestores, pois cara a cara com o avaliado ele tem que emitir opiniões sobre o seu desempenho. Dai ele pensar que notas médias não farão o subordinado questionar sua avaliação nem pedir aumento.

E assim uma boa oportunidade de desenvolvimento pessoal é perdida por esse gestor que, ao final do processo e depois de entregar os formulários ao R.H. diz: “bom, agora que a avaliaçãoterminou vamos ao que interessa, ao trabalho”. Como se a avaliação não fosse parte muito importante do seu trabalho de gestor. E com esse comportamento ele acaba até mesmo perdendo o respeito de seus liderados.

Ao contrário, o gestor que valoriza a avaliação, procura fazê-la com critério, classifica seus avaliados de acordo com os resultados do atingimento das metas, faz uma entrevista de avaliação pensando principalmente no amanhã, no desenvolvimento do avaliado, acaba sendo beneficiado com o respeito dos colaboradores e contribuindo efetivamente para o sucesso pessoal de cada um e para o sucesso de seu setor de trabalho e da empresa, pois a avaliação gera informações sobre o colaborador que serão aproveitadas em seu desenvolvimento.

Em resumo, ele define metas claras ligadas à cultura e à estratégia da empresa, realiza reuniões de acompanhamento durante todo o período da avaliação e procura premiar não só os resultados no atingimento das metas, mas também da alguma importância para o esforço na tentativa de alcançá-las.

Para esse gestor, sem dúvida, fazer avaliação do desempenho vale a pena sim.

 

Categories: Gestão,todas

Leave A Reply

Your email address will not be published.


*