Deixar de Estudar? Nunca!

Por Luiz Eduardo Gasparetto, coordenador dos cursos de Pós em Gestão da Universidade Estácio.

Em conversa com um jovem engenheiro perguntei a ele quanto tempo tinha de formatura e ele respondeu que já estava formado fazia cinco anos.

Ai eu perguntei quantos cursos de atualização ele tinha feito nesse período e sua resposta me deixou preocupado: “nenhum. Afinal já sou engenheiro formado, para que estudar mais”?

Pensei comigo que, provavelmente, ele não era mais um engenheiro ou então logo não seria mais. Porque hoje quem para de estudar vai ficando para trás, e em algumas atividades isso acontece muito rapidamente. Em cinco anos muita coisa provavelmente mudou na engenharia.

As coisas mudam com grande rapidez nos diversos campos do trabalho e o profissional que não se atualiza fica obsoleto com uma rapidez incrível. E essa desatualização pode levá-lo a uma demissão ou, no mínimo, ficar “encostado” na sua função sem crescimento profissional e sem novas oportunidades.

Muitas vezes alguns profissionais de mais idade questionam o fato de terem que voltar para o banco escolar, fazer cursos junto com pessoas muito mais jovens e, com isso, não se sentiriam à vontade. Sou professor universitário e tenho nas minhas classes um significativo número de alunos com mais idade, alguns até de cabelos brancos, e posso garantir que são dos mais respeitados pelos seus jovens colegas. Nos trabalhos em grupo todos querem trabalhar no grupo dos “velhinhos” porque esses têm experiências práticas e assumem a responsabilidade de participarem efetivamente da tarefa.

Mas se a pessoa se sente mal em estar em um grupo de jovens, ou se tem problemas de locomoção ou no transporte, por exemplo, existe outra oportunidade: os cursos da Educação à Distância chamados de EAD.

Diversas universidades e entidades oferecem cursos regulares de graduação, pós graduação e MBA e também cursos rápidos de atualização. São cursos desenvolvidos especialmente para ensino a distância e preparados por professores e profissionais especializados nos diversos campos do conhecimento.

O que não se admite mais hoje é que as pessoas, por qualquer motivo, digam: “eu não preciso mais estudar”.

Categories: Carreira, todas

Leave a Reply


*