MAR DA GALILÉIA OU MAR MORTO?

Por Luiz Eduardo Gasparetto

Em seu percurso as águas do Rio Jordão formam um lago muito bonito e cheio de vida, chamado Mar da Galiléia, com muitos peixes, árvores e flores, com famílias pescando, indo até lá para um piquenique e se divertindo muito. É um lugar onde existe muita vida.

Mais a frente essas mesmas águas formam outro lago, bem maior do que o primeiro, mas que, ao contrário daquele, não tem vida nenhuma. Nem pessoas se divertindo, nem flores e nem árvores.

Talvez por isso esse lago é chamado de Mar Morto. Sem nenhuma vida.

Por que isso acontece nesses lagos se verificamos que a água que forma os dois é a mesma? Por que tanta vida em um e nenhuma vida no outro?

A explicação ? O primeiro lago não acumula nada, ele passa toda a água que recebe para frente. Ele não acumula, mas devolve; ele dá e não retém. Já o segundo lago, ao contrário, acumula tudo com ele, nada é passado para frente, ele guarda tudo. Veja num mapa ou foto de satélite: toda a água que entra no Mar Morto lá fica e não tem como sair.

Por isso, a sugestão é que você não se preocupe tanto em apenas acumular bens, riquezas, conhecimentos. Não se preocupe tanto em guardar tudo e sem querer dar nada, porque ao fazer isso você estará sendo igual ao Mar Morto: sem vida nenhuma.

Riqueza e informação só têm valor quando compartilhada com outros!

Leave a Reply


*