O PAPEL DO PROFESSOR

Por que os alunos procuram a universidade? Os alunos vêem para a ela principalmente em busca da realização de um sonho!

E isso é uma verdade. Eles querem realizar o sonho da formação universitária, que poderá abrir as portas para outros sonhos mais elevados como o bom emprego, a boa casa, um carro, tranqüilidade, viagens e outras coisas mais.

E nesse cenário, qual é o papel do professor?

Poderíamos pensar que nesse contexto o seu papel é o de apenas possibilitar aos alunos a obtenção de um diploma universitário e, sendo assim, aprová-los e pronto. É um divulgador de conhecimentos e, com isso, ele ao menos realiza o primeiro sonho dos seus alunos.

Mas, na verdade, para o aluno a formação universitária é apenas um sonho intermediário, um degrau que poderá ou não conduzi-lo a outras realizações. Por isso, apenas a aprovação não é a garantia de que os demais sonhos se realizarão.

Então, o papel do professor deve ser também o de um facilitador e, mais do que isso, um estimulador do desejo dos alunos em aprenderem cada vez mais, única maneira de enfrentar o mercado de trabalho e realizar seus desejos no futuro.

Caminhando numa selva fechada, o líder se coloca à frente do grupo de pessoas que procura atravessá-la para chegar a um determinado ponto: com seu facão ele vai abrindo o caminho, mostrando aos outros por onde seguir, retirando os obstáculos da frente para que o grupo passe. Ao mesmo tempo, vai mostrando como se pode sobreviver a essa difícil caminhada na selva, como evitar os perigos, estimulando as pessoas a continuarem até o objetivo, por mais difícil ou distante que ele esteja.

Podemos comparar o papel do professor ao desse líder. Vai à frente dos alunos mostrando como atravessar a selva, que é a nossa vida profissional e pessoal cada vez mais complicada, difícil e competitiva, e o facão é o conhecimento e a experiência do professor, que ajuda a abrir caminho entre os obstáculos ao mesmo tempo em que os ensina e estimula a como vencê-los. Tudo isso é que leva os alunos a chegarem um determinado ponto: o seu objetivo.

Esse é o papel do professor hoje: um estimulador para que as pessoas não desistam e queiram sempre aprender mais para vencer os obstáculos, ao mesmo tempo em que é um facilitador para que seus alunos possam caminhar em direção ao objetivo utilizando aquilo que aprenderam.

O papel do professor

Por que os alunos procuram a universidade? Os alunos vêem para a ela principalmente em busca da realização de um sonho!

E isso é uma verdade. Eles querem realizar o sonho da formação universitária, que poderá abrir as portas para outros sonhos mais elevados como o bom emprego, a boa casa, um carro, tranqüilidade, viagens e outras coisas mais.

E nesse cenário, qual é o papel do professor?

Poderíamos pensar que nesse contexto o seu papel é o de apenas possibilitar aos alunos a obtenção de um diploma universitário e, sendo assim, aprová-los e pronto. É um divulgador de conhecimentos e, com isso, ele ao menos realiza o primeiro sonho dos seus alunos.

Mas, na verdade, para o aluno a formação universitária é apenas um sonho intermediário, um degrau que poderá ou não conduzi-lo a outras realizações. Por isso, apenas a aprovação não é a garantia de que os demais sonhos se realizarão.

Então, o papel do professor deve ser também o de um facilitador e, mais do que isso, um estimulador do desejo dos alunos em aprenderem cada vez mais, única maneira de enfrentar o mercado de trabalho e realizar seus desejos no futuro.

Caminhando numa selva fechada, o líder se coloca à frente do grupo de pessoas que procura atravessá-la para chegar a um determinado ponto: com seu facão ele vai abrindo o caminho, mostrando aos outros por onde seguir, retirando os obstáculos da frente para que o grupo passe. Ao mesmo tempo, vai mostrando como se pode sobreviver a essa difícil caminhada na selva, como evitar os perigos, estimulando as pessoas a continuarem até o objetivo, por mais difícil ou distante que ele esteja.

Podemos comparar o papel do professor ao desse líder. Vai à frente dos alunos mostrando como atravessar a selva, que é a nossa vida profissional e pessoal cada vez mais complicada, difícil e competitiva, e o facão é o conhecimento e a experiência do professor, que ajuda a abrir caminho entre os obstáculos ao mesmo tempo em que os ensina e estimula a como vencê-los. Tudo isso é que leva os alunos a chegarem um determinado ponto: o seu objetivo.

Esse é o papel do professor hoje: um estimulador para que as pessoas não desistam e queiram sempre aprender mais para vencer os obstáculos, ao mesmo tempo em que é um facilitador para que seus alunos possam caminhar em direção ao objetivo utilizando aquilo que aprenderam.

Por que os alunos procuram a universidade? Os alunos vão para a ela principalmente em busca da realização de um sonho!

E isso é uma verdade. Eles querem realizar o sonho da formação universitária, que poderá abrir as portas para outros sonhos mais elevados como o bom emprego, a boa casa, um carro, tranquilidade, viagens e outras coisas mais.

E nesse cenário, qual é o papel do professor?

Poderíamos pensar que, nesse contexto, o seu papel é o de apenas possibilitar aos alunos a obtenção de um diploma universitário e, sendo assim, aprová-los e pronto. É um divulgador de conhecimentos e, com isso, ele ao menos realiza o primeiro sonho dos seus alunos.

Mas, na verdade, para o aluno a formação universitária é apenas um sonho intermediário, um degrau que poderá ou não conduzi-lo a outras realizações. Por isso, apenas a aprovação não é a garantia de que os demais sonhos se realizarão.

Então, o papel do professor deve ser também o de um facilitador e, mais do que isso, um estimulador do desejo dos alunos em aprenderem cada vez mais, única maneira de enfrentar o mercado de trabalho e realizar seus desejos no futuro.

Caminhando numa selva fechada, o líder se coloca à frente do grupo de pessoas que procura atravessá-la para chegar a um determinado ponto: com seu facão ele vai abrindo o caminho, mostrando aos outros por onde seguir, retirando os obstáculos da frente para que o grupo passe. Ao mesmo tempo, vai mostrando como se pode sobreviver a essa difícil caminhada na selva, como evitar os perigos, estimulando as pessoas a continuarem até o objetivo, por mais difícil ou distante que ele esteja.

Podemos comparar o papel do professor ao desse líder. Vai à frente dos alunos mostrando como atravessar a selva, que é a nossa vida profissional e pessoal cada vez mais complicada, difícil e competitiva, e o facão é o conhecimento e a experiência do professor, que ajuda a abrir caminho entre os obstáculos ao mesmo tempo em que os ensina e estimula a como vencê-los. Tudo isso é que leva os alunos a chegarem um determinado ponto: o seu objetivo.

Esse é o papel do professor hoje: um estimulador para que as pessoas não desistam e queiram sempre aprender mais para vencer os obstáculos, ao mesmo tempo em que é um facilitador para que seus alunos possam caminhar em direção ao objetivo utilizando aquilo que aprenderam.

Categories: Gestão, todas

Leave a Reply


*