O QUE FALTA MUITAS VEZES É PLANEJAMENTO

Por Luiz Eduardo Gasparetto

Somos um país de empreendedores. De acordo com os especialistas no assunto, o Brasil é um país com um dos maiores índices de empreendedorismo no mundo. Mas, em compensação, é um dos países aonde também é maior o índice de mortalidade de empresas.

Vejam estes números do SEBRAE SP:

Índice de fechamento de empresas do estado São Paulo:

– 31% fecham no primeiro ano
– 50% fecham até dois anos
– 60% fecham até o quinto ano.

E por quê? Por problemas de gerenciamento e, principalmente, por problemas de falta de planejamento antes e durante as operações da empresa.

Para abrir e manter uma empresa não basta ser empreendedor. É preciso, também, ser um administrador. É preciso planejar. Daí a importância do planejamento na vida da empresa.

Mas temos dificuldades com o planejamento e muitas vezes arriscamos fazer algo sem ao menos pensar minimamente no como fazer, quando fazer e aonde fazer. Vamos com a “cara e coragem” confiando mais no imponderável: “se Deus ajudar”, “se não chover”, “se o cliente não reclamar” entre outras expressões de confiança naquilo que não podemos controlar.

É essa confiança no imponderável que leva ao fracasso muitos negócios iniciados com tanta esperança e encerrados com muita desilusão.

É por isso que os cursos de MBA em Gestão da Universidade Gama Filho apresentam em suas grades de ensino o assunto planejamento, seja o convencional seja o estratégico, pois sabemos que essa atividade gerencial é uma das que mais contribuem para o sucesso da empresa e do próprio gestor.

Um gestor a frente de seus negócios não pode ser como Cristóvão Colombo, que quando saiu não sabia para onde ia, quando chegou não sabia onde estava e quando voltou não sabia dizer onde esteve.

A todo momento ele precisa ter claro seu alvo e exatamente sua posição, para poder tomar as medidas necessárias para manutenção ou correção do seu rumo. E é o seu planejamento a ferramenta a ser utilizada para que isso seja feito de maneira eficaz.

Categories: Planejamento

Leave a Reply


*