Planejar é uma das atividades mais importantes do trabalho de um gestor e só não é mais importante porque, depois de planejar, é preciso realizar, esta sim a responsabilidade mais importante.

Não é incomum você encontrar gestores que são craques no planejamento, estabelecem planos maravilhosos, mas que na hora de executar deixam a desejar. Execução é, sem dúvida, o “calcanhar de Aquiles” de muitos planejadores. E por isso muitos resultados importantes para a organização deixam de ser obtidos. Essa habilidade de executar o que foi planejado é, sem dúvida, um diferencial estratégico que separa um gestor comum daqueles que são vistos no mercado como realizadores.

Para executar é preciso que o gestor, além da tática a ser aplicada na execução, tenha a disciplina necessária para conduzir esse processo que o levará a atingir os resultados desejados. E é preciso que ele tenha a disciplina necessária para introduzir uma verdadeira cultura de realização em seu setor ou em sua empresa.

E não podemos esquecer que execução caminha de mãos dadas com o controle, outra importante atividade gerencial muitas vezes relegada a segundo plano, mas que faz com a execução só seja eficaz se esse controle das ações esteja presente.

Livro recomendado

Se você tiver interesse em conhecer com mais detalhes a importância da execução para um gestor sugiro a leitura do livro “Execução – A disciplina para atingir resultados” de autoria de Larry Bossidy e Ram Charan, em edição em português da Editora Campus. Vale a pena!

 

 

Categories: Planejamento, todas

Leave a Reply


*