Muitos projetos bem pensados e desenvolvidos dentro das empresas acabam não dando certo. Começam, caminham durante algum tempo e, em determinado momento, vão perdendo o embalo, começam a ser deixados um pouco de lado até desaparecerem e se tornarem apenas uma lembrança na mente das pessoas.

E por que isso acontece? Em muitos casos porque seus idealizadores e condutores esqueceram-se de um detalhe muito importante: o apoio do “pessoal de cima” e aqui leia-se apoio da diretoria ou do dono da empresa.

Sem esse envolvimento e, mais que isso, sem um apoio efetivo desse pessoal, um projeto tem muita chance de “não pegar”, frustrando muita gente e inviabilizando futuras tentativas com a frase “já foi feito e não deu certo”.

Antes de colocar em ação qualquer projeto é preciso “vender” a ideia para as pessoas que tem o poder máximo de decisão dentro da empresa, e cuja palavra é ouvida e respeitada por todos. Sem o engajamento dessas pessoas, e sem o apoio delas, qualquer novo projeto, seja a implantação de um plano de Cargos e Salários, uma pesquisa de clima organizacional ou um simples plano de sugestões terminará rapidamente depois de lançado.

É evidente que esse apoio não será conseguido apenas porque a diretoria simpatiza com quem apresenta o projeto. É da natureza da diretoria saber de que maneira esse projeto irá contribuir para o atingimento do objetivo máximo da empresa: maximizar seu valor.

É preciso apresentar números, mostrar o retorno que o investimento trará. Muitas vezes as pessoas pecam por não conseguirem demonstrar o retorno de um investimento e ai então será muito difícil conseguir sua aprovação.

Não esqueçam que na maioria das vezes a diretoria só entende a linguagem dos números e é preciso aprender a falar nessa linguagem.

Leave a Reply


*